domingo, 9 de outubro de 2016

TOM JOBIM

           
 . Rua Nascimento Silva, 107



 "Minha alma canta , 
                                           vejo o Rio de Janeiro..."                                        
Autor de belas canções sobre nossa cidade,
Antonio Carlos Brasileiro de Almeida Jobim (1927-1994),
n
asceu na 
 Rua Conde de Bonfim, 634,
uma das mais tradicionais ruas da Tijuca, mudando-se ainda criança para Ipanema.


Resultado de imagem para tom jobim
Aluno do renomado professor Hans Joachim Koellreuter, iniciou sua carreira musical aos 18 anos, tocando em bares e boates de Copacabana até ser contratado como arranjador pela gravadora Continental.
Incerteza foi a primeira canção de sua autoria, gravada por Mauricy Moura, mas o sucesso chegou com Tereza da Praia, parceria com Billy Blanco,  gravada por Dick Farney e Lucio Alves, em 1954, pelo selo Continental. Nesse ano Tom vivia no famoso endereço da Rua Nascimento Silva, 107,citado em uma de suas mais conhecidas canções, e onde houve o encontro com João Gilberto e Vinicius de Moraes, dando início à Bossa Nova, movimento que tornou a música brasileira conhecida mundo afora.



Na década de 60, tendo como parceiro Vinicius de Moraes, compôs Garota de Ipanema, um de seus maiores sucessos e a décima-segunda música mais tocada no mundo nos últimos 50 anos e que o consagrou internacionalmente. 






A bonita Rua Nascimento Silva e o endereço famoso

Outros endereços de Tom, na cidade do Rio:
  • Rua Saddock de Sá, 276, onde sua mãe fundou, em casa, o Colégio Brasileiro de Almeida 
  • Rua Redentor, 307
  • Rua Barão da Torre, 107, hoje um hostel ( de nome BONITA)
antes




dias atuais
  • e  Rua Sara Villela, a última casa 

Curiosidades:
  • A proximidade dessa última casa com o Jardim Botânico o fez frequentá-lo diariamente, quando estava na cidade, com a mesma assiduidade que ia à saudosa Churrascaria Plataforma, no Leblon, que considerava seu escritório.

  • Sua última residência foi no alto do bairro do Jardim Botânico, "no suvaco do Cristo" como falava.  De lá via " o Corcovado, Redentor, que lindo..." como disse na canção.

    Aliás, a estátua do Cristo Redentor , no alto do Corcovado, foi inaugurada dia 12 de outubro de 1931, há 85 anos.
Corcovado, na clássica interpretação de Tom com Elis, de 1974.






Nenhum comentário: